TPodcast 4 – Novidades do Delphi XE2

Neste episódio:

  • Minha experiência de upgrade no Mac para o Mac OS X Lion e algumas novidades que ele traz.
  • Fim dos softwares da Apple vendidos em caixa.
  • Prova de certificação Delphi. Eu fiz e como foi.
  • Provinha do Google Developer Day solucionada em Delphi.
  • Qual o melhor livro sobre Delphi? (Respondemos a pergunta enviada pelo Ricardo Ramos)
  • Novidades do Delphi XE2
  • Suporte a Windows 64 e quem precisa disso (artigo para referência: The Future of Delphi Compiler)
  • FireMonkey
  • Suporte a Mac OS X
  • Suporte a iOS
  • LiveBindings
  • VCL Styles
  • DataSnap Mobile Connectors
  • FastReport 4 (e seus PDFs que só funcionam no Windows)
  • Documentation Insight
  • Blog Delphi for Mac

Clique aqui para ouvir.

  • Veja aqui como assinar no iTunes e outros aplicativos.
  • Versão zip, disponível aqui.

E como sempre, aguardamos comentários!

  • http://www.regys.com.br Régys

    Olá Erick, quero parabenizar pelo excelente podcast, não perco nenhum.
    Você comentou sobre o licenciamento anual, onde eu consigo mais informações sobre isso?

    • http://www.ericksasse.com.br Erick Sasse

      Obrigado Régys!
      Sobre o Delphi, direto com a Embarcadero do Brasil: : (11) 3741-2974.

  • Wesley Luan

    Parabéns pelo ótimo trabalho de vocês! Este Podcast está demais, ótimo conteúdo.
    Continuem assim, abraços.

  • Marcelo Chiga

    Vô te falar uma coisa, demoro uma hora e meia do trabalho pra casa dentro do fretado, e não tem coisa melhor que se manter atualizado das coisas que gostamos com o TPodcast, parabéns pela iniciativa. Já tô esperando o próximo, ahh, vai ae uma dica pra vcs comentarem, eu como muitos programadores trabalhamos como POG(Programação Orientada a Gambiarra – estruturada rsrsrsrs) e com a nova RTTI acho que isso vai mudar bastante vcs poderiam dar mais dicas para se trabalhar com POO, framework de Persistência(GRUD), etc. Abraços!

  • Marcelo Chiga

    oops…. desculpe pelo erro acima, o correto é (CRUD) Create, Read, Update and Delete.

  • Renato

    @Marcelo Chiga,
    Bacana esse GRUD (aka lunch)… :) Melhor hora do dia….

  • Joel

    Acho que o nome desse PodCast poderia ser “DogCast”
    kkk

  • Sergio

    Boas, não sou um desenvolvedor profissional em Delphi, mas gosto dele desde muito tempo atrás, decidi migrar um sistema de contabilidade de Cobol para Delphi com o intuíto de aprendê-lo. Foi meio aos trancos e barrancos mais saiu, tem muita coisa que precisa ser melhorada, meu próximo obejtivo e aprender OO e aplicar a esse aplicativo juntamente com MVC se for possíel, é claro, me corrijam se estiver falando alguma asneira. Bem, eu vim aqui só pra falar sobre a política de Upgrade de versão de Delphi, convenci um antigo empregador meu (esse para quem eu converti o sistema contábil) a comprar o Delphi, compramos a versão 2009 (Rad Studio) agora pra atualizar para as novas versões os preços são assustadores, e isso nos impede de fazer o Upgrade! Bem se alguém da Embarcadero tomar conhecimento desse desabafo e puder fazer algo por nós que gostamos do Delphi e principalmente gostamos de andar na linha, fica aí ….

  • Trak Trak Trugui

    Baixando pra ouvir!
    Parabéns Erick, e obrigado pelo seu tempo dedicado nesse projeto!
    []s

  • Trak Trak Trugui

    Sobre a interface visual do MacOS ser mais bonita que a do Windows 7 (por exemplo) é uma questão puramente de gosto, pra mim a interface do Windows 7 é muito superior em acabamento e beleza do que a do MacOS, até o KDE 4.3 é mais bonito, mas sem acabamentos. (minha opinião).

    Quanto a quantidade de aplicativos em WPF, existe hoje muitos apps, Visual Studio 2010, AutoCAD 2010, Roxio Media Creator 2009, Nero 9 (Live, BackItUp & Burn, Nero ShowTime) Iconics (umas das maiores de software para automação industrial), HP TouchSmart..
    A lista é grande.

    • http://www.ericksasse.com.br Erick Sasse

      A interface do sistema operacional em si eu concordo que é questão de gosto, e eu nem acho o Mac OS superior ao Windows 7. Mas não era bem isso que eu quis dizer. Eu me referia mais aos aplicativos de terceiros. No Mac OS são mais caprichados visualmente.

  • Menandro Neto

    Olá Erick,

    Mais uma vez parabéns pelo Podcast.

    Seguinte queria deixar a dica de um livro muito bom sobre delphi / pascal – Delphi – Guia do Desenvolvedor do autor Xavier Pacheco.

    Outro curiosidade é, quando do advento do Kylix, migrei alguns aplicativos e a solução para relatórios foi o FastReport, exatamente porque poderia ser portável (linux e windows)… hoje existe essa incompatibilidade que você reportou… o mundo da voltas…

    Abraço, e muito sucesso!

  • Felipe Bergmans

    Parabéns por mais um PodCast! Aguardo o próximo.

  • http://fabriciodev.blogspot.com Fabricio DEV

    Novidades bem interessantes, estou ansioso para testar o recurso de LiveBinding, o Adobe flex faz isso muito bem.

    Quanto a 64bits, hoje mesmo estava lendo um post bem interessante sobre manipulação de exceções através de blocos try..except..end, que são mais eficientes no ambiente x64 pois o compilador não precisa gerar código extra; e as mudanças na forma de obter o stack trace no Win64 (JCL/JVCL 64).
    O link é esse aqui:
    RAD Studio XE2: Win64 exceptions and stack traces on Win64 (JCL/JVCL 64) and OS X

    Talvez o impacto não seja significativo para a maioria das aplicações mais acredito que vale a leitura para entender estes conceitos.

    Abraços

  • Luciano Franca

    Fiquei com algumas duvidas.

    Sobre o FireMonkey uma curiosidade é componentes como o INDY, synapse, acesso ao Spool do Windows e apesar de não ter conhecimento algum de Mac acredito que o mesmo deve ter um tipo Spool para controle de impressão, como isso será feito no FireMonkey ?? ou seja quando parte para gerencimento de Hardware, impressão, internet como o FireMonkey vai trabalhar a esse respeito ou a forma que já usamos continuara para as outras plataformas com os Componentes já usados.

    Sobre o Fast Report 5 será que nessa versão quando abrirmos o Designer dele teremos acesso aos eventos e objetos pelo Delphi ou vai continuar em modo Modal
    tendo que ser feito o acesso atraves de FindObject
    eu em particular tinha muitos relatorios no QuickReport usando muitos eventos e a migração para o Fast Report 3 na epoca era muito complicada pois teria que mexer muito no codigo devido essa
    forma diferente de acesso que o Fast Report tem assim optei por migrar para o Report Builder que apesar de ser muito semelhante ao Fast Report tem o acesso simplificado aos Objetos e eventos atraves do delphi assim como o QuickReport.

    • http://fabriciodev.blogspot.com Fabricio Colombo

      O INDY e a RTL foram portados para OS X

      Sobre o FastReport é a versão 4 que virá junto com o XE2.

      Os demais acessos de mais baixo nível não sei como vai ficar. Se fizer acesso a API manualmente, provavelmente o código terá de ser revisto, tanto para OS X quanto para 64-bit.

      a lista completa de alterações pode ser vista aqui:
      http://blogs.embarcadero.com/davidi/2011/08/14/41124

  • Marcelo

    Ola minha sugestao e que vcs tenham um pauta para gravacao, para nao ficar as vezes no “silencio” eu indico pra vcs ouvirem o podcast do “nerdcast” pra ver o estilo de um podcast “gostoso” de ouvir

    • http://www.ericksasse.com.br Erick Sasse

      Valeu Marcelo. Na verdade nós temos pauta sim, hehe.

  • Renato

    Parabéns pelo podcast, os temas estão mto bons e bem interessantes pra quem gosta de Delphi, como sugestão, vcs poderiam abordar algo sobre Rem Objects ou alternativas ao DataSnap/BSS pois a documentação dos mesmos é escassa!

    Valew

  • http://www.theclub.com.br Antonio Spitaleri

    Parabéns pelo PodCast, Erick.
    Muito bons os comentários sobre as novidades do Delphi XE2. Foi útil para esclarecer alguns pontos bem “nebulosos”, como o FireMonkey e o LiveBindings.
    Aliás acho que nos próximos PodCasts, o LiveBindings poderia merecer uma atenção especial, já que me pareceu a novidade mais interessante dessa nova versão do Delphi.

    Abraços !

    • http://fabriciodev.blogspot.com Fabricio Colombo

      Eu particularmente confesso que fiquei decepcionado com o que foi disponibilizado sobre LiveBindings.

      Minha expectativa era finalmente pode ligar objetos de negócio com componentes visuais sem utilizar DB-Aware, mas, ficou verboso demais, o gerenciador de binding funciona de maneira diferente para bindings manuais ligados a objectos(ex. do Console) e visuais (ex. da VCL), e o cúmulo é ter que informar manualmente que o valor do componente/objecto mudou para o gerenciador de bindings modificar o valor dos componentes ligados à ele.

      Segue documentação disponível no site da embarcadero:
      http://docwiki.embarcadero.com/RADStudio/en/LiveBindings_in_RAD_Studio

      Acredito que ainda deve melhorar isso para a próxima versão, mais na minha opnião ainda não é maduro o suficiente.

      • Fabricio K.

        Pelos testes que fiz, tb acho que o LiveBinding deixou um pouco a desejar, assim como o FireMonkey. Por enquanto não vejo grandes utilidades em meus projetos. Mas acredito que agora a tendência é só melhorar nas próximas versões, já que a base já está pronta.

        Outra novidade que testei e gostei, foi o VCL Styles. Simples e show de bola!!

  • Charles Almeida

    Muito legal o podcast, muito legal ouvir alguém com seus comentários,
    acompanhei o Delphi tour e unica coisa que faltou foi ORM.

    Mas todas as melhorias foram bem vindas.

  • Rafael Piccolo

    Sobre a questão dos 64 bits, apesar de hoje não ser qualquer aplicativo que se beneficia, é uma tendência bem próxima e é vital que o recurso exista antes que surjam maiores necessidades. Se o suporte a 64 bits aparece depois que alguém precisou já vai ser tarde demais, o cara já desenvolveu em outra plataforma.

  • http://www.royalsoft.com.br Rene Melo

    Eric,

    parabéns pelo Tpodcast. Legal vocês dedicarem um tempo para falar de Delphi. Acredito que a Embarcadero esteja se esforçando para fazer o Delphi voltar a brilhar.

    Aguardando o próximo.

    Abraços
    Rene

  • http://www.gratisepouco.com.br Joao

    Muito legal seu podcast, Eric, parabéns,
    (desculpe-me o comentário atrasado soh hoje q vi hehehe) .

    aproveitando o comentário, onde vcs estão comprando as licenças do Delphi? Tem algum site nacional BBB (soh barato jah serve)…. hehe
    ou somente direto no site da Embarcadero?

    Mais uma pergunta: compensa comprar o RAD (talvez para usar php ou .Net com equipamento móvel ) ?

    estou me preparando para comprar esse:
    http://shop.embarcadero.com/dr/v2/ec_Main.Entry17C?SID=39696&SP=10023&CID=0&PID=996494&PN=1&V1=996494&CUR=840&DSP=&PGRP=0&ABCODE=&CACHE_ID=419426

    mas soh delphi eh 800 “contos americanos” mais barato (enterprise)…. uia…

    []´s
    Joao

    • http://www.ericksasse.com.br Erick Sasse

      Direto da Embarcadero eu comprei.

  • Renato Alves

    Grande Erick,

    Excelente os seus Tpodcast, olha é muito bom alguém falar das novidades sobre Delphi, ainda

    de alguém como você que tive o prazer de assistir uma palestra sua no FDD 2010.

    []´s

    Renato

  • Rafael Pimenta

    Erick, voce comentou que a melhor forma de desenvolver para o MAC é tendo um PC MAC e uma VM do Windows para rodar o XE2.
    Gostaria de saber se o contrário também é possível? (PC Windows com XE2 e VM do MAC OS X).

    Excelente PodCast!

    sds,
    Rafael

  • Rafael Pimenta

    Sobre meu comentário anterior:
    O fiz, pois acredito que tenha como instalar o MAC original(compra online via apple store) numa VM. ou estou errado?

    • http://www.ericksasse.com.br Erick Sasse

      Pelo que eu sei, a licença do Mac OS X só permite que ele seja virtualizado dentro de outro Mac OS X.

      Mas tecnicamente é possível sim virtualizar o Mac OS X dentro do Windows, mas viola a licença, por isso que inclusive que o VMware não suporta Mac OS X no Windows.

  • http://www.popoca2000.zip.net Popoca

    Talvez seja tarde e você já tenha descoberto que o PDF do Fastreport funciona no Linux. Quando comprei o XE2, migrei todos os meus relatórios do Quickreport para o Fast. Eu tive que comprar a versão standard do Fast porque a versão Embarcadero não permite script e nem exporta para excel, mas em qualquer versão, o PDF funciona no linux. Só é preciso slavar com as fontes. Se salva o pdf sem as fontes não funciona no linux nem em algumas instalacoes puras do windows. Com as fontes o pdf ficara maior uns 200 kb. Para relatorios pequenos que poderia ter 10 kb em outra ferramenta fará diferenca, mas para relatorios grandes não, porque os 200 kb são fixos. Pelo menos nos meus testes. Só testei em instalacoes padrão do Ubuntu.