TPodcast 9 – Podcast.Free;

No último episódio do TPodcast, explicamos porque decidimos encerrar o podcast mas também discutimos vários assuntos que já estavam na lista.

Clique aqui para ouvir.

  • Veja aqui como assinar no iTunes e outros aplicativos.
  • Versão zip, disponível aqui.
  • José Eduardo

    for i := 1 to 9 do
    begin
    WriteLn(‘Instigante, Divertido, Informativo…’);
    Writeln(‘Obrigado’);
    end

    • http://www.ericksasse.com.br Erick Sasse

      Haha! Valeu, muito bom!

  • Wesley Luan

    Aaaaaaaaah, vai deixar saudades..
    Espero que voltem!
    Muito bom, valeu…

  • Filipe Bezerra

    Vai fazer falta mesmo. Valeu Erick Sasse e Leonel Tognioli (Acho que está certo, é dificil escrever o nome do Leonel), mas todo mês eu ficava muito ansioso com um possível novo episódio. Vai ficar na memória. Gostei. Agradeço.

  • http://www.ericksasse.com.br Erick Sasse

    Obrigado pelo apoio pessoal!

  • Marcio Leonel

    Pô é um pena…..é difícil encontrar uma conversa descontraída sobre tecnologia e programação…mas vlw, muito obrigado…..ficamos ansiosos por tpodcast 10.0

  • Marcelo

    Uma pena ter acabado. Acabo de lançar minha primeira App na AppStore e o TPodCast foi um dos grandes motivadores para a (longa) empreitada.

    Fica aqui o meu muito obrigado.

    • http://www.ericksasse.com.br Erick Sasse

      Que legal Marcelo, boa sorte com o app! :)

  • Andre

    Cara, o seu PodCast é bom, mas de boa, eu não suporto pessoas que ficam “criticando” produtos sem saber como a ferramenta REALMENTE funciona. Se o Firemonkey não funcionou na sua máquina, então o problema é seu, porque eu já vi muitos desenvolvedores utilizarem o Firemonkey normalmente e inclusive já tive a oportunidade de testar algumas aplicações com sucesso.
    Por curiosidade, eu pedi pra um amigo de trabalho iniciar uma aplicação utilizando Firemonkey, colocar um botão e dar dois cliques pra implementar o código. Cara, funcionou NORMAL. Fala a verdade cara, você não gosta do Delphi e simulou esse erro aí pra criticá-lo no seu podcast, não é?
    Quer dizer que se der um erro no meu NetBeans, por exemplo, significa que ele é cheio de bugs e que o Java não presta? Pelo seu podcast dá a entender que é isso…
    Te dou um conselho: antes de levantar uma crítica, procure saber sobre o assunto, pesquise, entreviste. Faça pelo menos a sua crítica valer a pena… ok?
    Eu não sou desenvolvedor em Delphi, mas trabalho em uma empresa de programação com desenvolvedores em várias linguagens. Então eu não estou aqui pra “defender” o Delphi, mas sim pra falar que sua crítica não tem sentido nenhum.

    Sem mais.

    • http://www.ericksasse.com.br Erick Sasse

      Fala Andre, tudo bem?

      Eu trabalho com Delphi há uns 16 anos mais ou menos, acho que tenho um pouco de experiência. Você, como disse, nem trabalha com ele, então quem será que tem a maior chance de estar falando algo sem sentido?

      De qualquer forma, o podcast acabou e você não será mais obrigado a ouvir minhas besteiras. ;)

      Abraços
      Erick

    • Anderson

      Andre, chegou a olhar:

      Delphi XE2 and C++Builder XE2 Update 1 Bug Fix List
      Delphi XE2 and C++Builder XE2 Update 2 Bug Fix List
      Delphi XE2 and C++Builder XE2 Update 3 Bug Fix List
      Delphi XE2 and C++Builder XE2 Update 4 Bug Fix List

      Conte o número de bugs de cada uma destas listas, a soma final vai resultar em algumas centenas, algo que não deveria acontecer em um release final (parece mais versão beta).

      Corrigir defeitos é muito bom (demonstra responsabilidade, comprometimento), mas melhor ainda é ter o cuidado de lançar a versão final sem bugs conhecidos, mesmo que isto signifique adiar o prazo de lançamento, para não causar experiencias negativas com o produto.

      Poderiamos ficar quietos, não reclamar e simplesmente trocar de ferramenta. O fabricante vai achar que a ferramenta é uma maravilha (ninguém reclama) e não saberá o por que da não adesão de novos e a perda de antigos desenvolvedores.

      O pior cliente é o silencioso, pois quando você percebe, ele foi embora sem aviso prévio (não há chance de corrigir/defender-se).

      Olhando pelo lado do desenvolvedor, trocar de ferramenta é bem mais complexo, pois há a questão de aprendizado e o tempo necessário até tornar-se produtivo no novo ambiente e ter gerado um produto final ao usuário. Sendo assim, boa parte prefere reclamar, pedir mudanças para corrigir os defeitos e que sejam implementadas melhorias relevantes em novas versões (veja o que ocorreu após o Delphi 7 até o Delphi 2009/2010).

      Eu quero que o Delphi tenha uma vida longa (investi muito tempo e dinheiro), mas tem que melhorar a qualidade das releases finais.

      • http://www.ericksasse.com.br Erick Sasse

        Perfeito Anderson, é exatamente a minha opinião.

        O que vemos é que o Delphi tem datas limites para ser lançado e não importa quantos bugs existam, ele sai de qualquer jeito e depois eles vão corrigindo o que é mais grave.

        E nem conseguem corrigir direito os problemas da versão e já chega o momento de lançar uma nova, com novos recursos, que acabam saindo com muitos bugs pelo pouco tempo que tem. Repetindo o ciclo.

  • Luis

    Parece que tem alguém “daquela empresa” disfarçado defendendo o “FireBug”.

  • Edson

    Ola Erick , é uma pena ter acabado o tpodcast e com esse ultimo você me fez refletir muito sobre o meu futuro trabalhando com outras ferramentas.
    Agradeço desde já e sucesso.

  • Fausto Alves

    Salve Eric e Leonel..
    Muito bom este post cast, e como sempre,o que me faz voltar ao seu blog são as notícias vindas da EMBARCADERO, então volto aqui para ver sua opinião e somente hoje que tive a oportunidade de ouvi-lo na integra.. mas muito bom.. e uma pena ter terminado..
    Gostei muito de sua avaliação no que diz respeito a IDE do delphi que, como você disse, custa muito caro, em comparação com outras IDEs gratuitas.
    Você disse estar desenvolvendo algo para Android, também estou indo por esta tangente e me aventurando ao java, mas rapaz, que osso que é mapeamento de dados via HIBERNATE.
    Estou pensando seriamente em começar a utilzar o Java, tenho olhando com carinho também para a evolução do Lazarus/FreePascal.
    Bom é isso ai.. um forte abraço e sucesso.

  • Fabricio

    Erick, só pra perguntar… (já fazendo um pedido rs): alguma chance de um Podcast sobre o XE3? Sem compromisso de “voltar” com o TPodcast, apenas um Podcast sobre um assunto que interessa a muita gente……. já que vc e o Leonel são pessoas bem atuantes na comunidade Delphi.

    Abraço!

    • http://www.ericksasse.com.br Erick Sasse

      Chance sempre existe sim, vamos ver. ;)

  • http://dicasdedelphi.blogspot.com.br/ rafael

    Buenas, amigos conheci o pod, essa semana tava gostando muito lamento essa interrupção, mas aguardo ansionso o retorno!